Uma história de luta e perseverança

2020-10-13T11:20:59+00:00 13/10/2020|

AMIGAS DE LONGA DATA, DRA. ROSA CELIA CONTA A HISTÓRIA DO PRO CRIANÇA CARDÍACA PARA MÁRCIA PELTIER,
EM LIVE NO INSTAGRAM DA JORNALISTA

A jornalista Márcia Peltier recebeu Dra. Rosa Célia para uma live, que trouxe à tona algumas histórias sobre o Pro Criança Cardíaca, com 24 anos recém-comemorados. Dra. Rosa relembrou com orgulho os desafios por trás da fundação da instituição e a dificuldade de dizer não para as famílias carentes, que a motivou a buscar meios de fazer o sonho tornar-se realidade.

Um dos objetivos, reforçou, era que a  casa de saúde não fosse dedicada apenas a procedimentos médicos, mas também ao propósito de ser uma estrutura completa de acolhimento não só para as crianças, mas também para as famílias delas.

Como referência de cuidado, Dra. Rosa falou de quando atendia as crianças no Hospital da Lagoa e em sua clínica particular e era obrigada a lidar com cateteres brasileiros, grossos e difíceis de manusear, principalmente no trato
às crianças pequenas. Mas para Dra. Rosa cada problema merece uma solução e quando foi aos Estados Unidos passou a coletar cateteres que caiam no chão ou não eram mais usados. “Trouxe três malas cheias e sensibilizou as autoridades da alfândega. “Esses cateteres importados melhoraram tratamento de muitas crianças no Brasil”.

Com o desenvolvimento da tecnologia, os cateteres brasileiros agora são ótimos, segundo a médica e a existência do ecocardiograma fetal – exame de imagem que identifica se o bebê, ainda na barriga, tem alguma cardiopatia – possibilita um diagnóstico precoce que salva muitas vidas.

Dra. Rosa Célia mostrou, mais uma vez, neste encontro porque é um exemplo como pessoa e profissional e aproveitou para reforçar que sem doadores e equipe não teria chegado a lugar algum. “Só conheci o lado bom das pessoas”, disse.