Leilão virtual homenageia Daniel Azulay dias 21 e 22.07

2020-07-14T10:41:55+00:00 14/07/2020|

LANCES INICIAIS JÁ COMEÇARAM, E VENDA DE PEÇAS DA COLEÇÃO PARTICULAR DO ARTISTA BENEFICIARÁ, PELA SEGUNDA VEZ,
O PRO CRIANÇA CARDÍACA, COMO DESEJAVA AZULAY ANTES DE PARTIR, EM MARÇO DESTE ANO

Nos dias 21 e 22 de julho de 2020, Beth Azulay, viúva do desenhista, artista plástico e educador infantil Daniel Azulay, vai concretizar um projeto idealizado e organizado pelo marido, que faleceu em março deste ano: leiloa uma série de peças do acervo particular de Azulay e reverte parte da verba para a instituição Pro Criança Cardíaca, da qual o artista era parceiro já há alguns anos.

A ação virtual está marcada para as 17h no site www.ernanileiloeiro.com.br, onde também se encontra todo o catálogo para registro dos lances iniciais. Há objetos que já receberam mais de 50 lances, e os valores estão variando de R$ 10 a mais de R$ 3.000 (dados de 9.07). No YouTube, é possível passear por alguns itens no vídeo sobre o Leilão da Generosidade , título dessa ação beneficente. Mais ou menos metade dessas peças é composta de obras do próprio Azulay: desenhos, cartoons, aquarelas, pinturas à óleo, esculturas. A outra metade é formada por brinquedos vintage, livros raros, numismática, gibis das décadas de 40, 50 e 60, desenhos originais, memorabilia, documentos, cartazes de circo…

Os itens que vão à leilão são uma parte de todo o rico acervo da história de Daniel Azulay. Beth está à procura de um instituto que incorpore o legado que o artista deixou e viabilize a preservação e o acesso aos fãs e às gerações futuras.

“Visitei o ateliê onde os itens estavam, em Ipanema, e vi como ele construía um universo à parte, cercado por objetos por todos os lados, ocupando paredes, estantes. Era o mundo dele. Vai ser uma grande homenagem e oportunidade para os seus admiradores, galeristas e colecionadores, além de contribuir para o Pro Criança Cardíaca”, diz Horácio Ernani, que vai conduzir o leilão.

“A arte pode ajudar pessoas a dar as mãos

Daniel Azulay ficou muito conhecido por seu trabalho com as crianças, na TV e fora dela, e em oficinas de desenho que continuam ativas em cinco bairros do Rio de Janeiro. “Foram 38 anos juntos, eu sabia da importância dele, das sementes que ele plantou na formação de tanta gente. Quando completou 70 anos, em 2017, um post comemorativo sobre seu aniversário teve 2 milhões de acessos. E, agora, quando ele partiu, foram muitas as homenagens”, conta Beth.

Segundo ela, Azulay tinha uma grande curiosidade sobre os mais variados assuntos. E, como era muito estudioso, comprava o que queria pesquisar. Quando viajávamos, era inevitável ele sair das lojas dos museus com as sacolas cheias. Mesmo podendo consultar na internet, ele dizia que não era a mesma coisa. A gente ria muito, também, nos momentos de mudança de apartamento, porque empresas de transporte desistiam de levar tantas caixas com livros, recortes, fotografias…Daniel era meu Google particular”, relembra Beth, que teve uma filha e dois netos com o artista.

Em vida, ele disse certa vez sobre sua participação em vários projetos beneficentes, de entidades carentes e hospitais: “A gente tem na arte não apenas uma linha de expressão. A arte pode ajudar pessoas a dar as mãos, sentir a solidariedade e olhar para o próximo, uma oportunidade de expressar o coração.”

Sobre o Pro Criança Cardíaca

Em 23 anos de atuação, o Pro Criança Cardíaca chegou à marca de 30 mil atendimentos ambulatoriais e 1,5 mil procedimentos invasivos – entre cirurgias cardíacas e cateterismos diagnósticos e terapêuticos. Todos os meses, o projeto atende cerca de 140 crianças, acompanhadas pela qualificada equipe de cardiologistas pediátricos da instituição. A demanda por atendimento à criança cardíaca carente aumenta a cada dia, no Rio.

SERVIÇO:

Leilão da Generosidade – Acervo pessoal de Daniel Azulay
Com verba revertida para a instituição Pro Criança Cardíaca
Dias: 21 e 22 de julho
Hora: às 17h em ambos os dias
Onde: www.ernanileiloeiro.com.br